| Presidente Prudente/SP

Prefeitura nega uso de espaços e futebol pode chegar ao fim em Prudente

Rogério Mative

Em 23/01/2019 às 12:07

Sem manutenção, o estádio vive dias de penúria, com sua fachada descaracterizada, arquibancadas desmoronando, gramado destruído e espaços deteriorados

(Foto: M2 Comunicação)

Sinônimo de excelência em várias modalidades, como o atletismo e natação, e com um passado de glórias e grandes histórias no futebol, Presidente Prudente caminha para diminuir sua participação no esporte. O começo foi dado com a negativa de auxílio ao Grêmio Prudente, que deve ficar de fora de todas as competições da Federação Paulista de Futebol (FPF) neste ano e, talvez, fechar suas portas.

Após a agremiação solicitar o uso de espaços para treinos, alojamento de atletas e disputa das partidas do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (quarta divisão profissional), a Prefeitura de Presidente Prudente informou que os pedidos foram negados.

Em nota divulgada no início da noite dessa terça-feira (22), a Prefeitura afirma que recebeu, por meio da Secretaria Municipal de Esportes (Semepp), ofício da diretoria gremista para uso de espaços e serviços municipais neste ano.

Entre os pedidos da agremiação, estão o uso do Centro de Treinamento (CT) Flávio Araújo como sede do time profissional, uso da Casa do Atleta (alojamento) para as categorias sub-15, sub-17 e sub-20, transporte para os jogos do Campeonato Paulista das divisões de base e, por fim, adequações no Estádio Municipal Caetano Peretti para receber partidas do Paulistão da 2ª Divisão.

Porém, a Prefeitura diz que "não será possível atender" os pedidos. "O Governo de Presidente Prudente lamenta a inviabilidade de colaborar com os projetos do Grêmio Prudente, mas reitera que a grave crise econômica por que passa o município demanda medidas de contenção de despesas em todas as áreas", diz o texto.

Além do futebol, a decisão deve prejudicar as modalidades de alto rendimento que disputam campeonatos estaduais e nacionais. "Por conta da situação financeira do município, neste ano, não será possível atender a essas solicitações, visto que a prioridade será dada à manutenção das escolinhas esportivas – futebol, vôlei, futsal, basquete, caratê, judô, capoeira, kung fu, natação, atletismo, ginástica olímpica, entre outras - e a promoção do esporte amador".

Prudentão abandonado

Em editorial publicado no fim de novembro do ano passado, o Portal chamou a atenção para o abandono do Estádio Paulo Constantino (Prudentão), local que já abrigou estrelas como Ronaldo Fenômeno e Neymar.

Sem manutenção, o estádio vive dias de penúria, com sua fachada descaracterizada, arquibancadas desmoronando, gramado destruído e espaços deteriorados.

Atualmente, o Prudentão não pode receber partidas oficiais ou eventos após a Federação Paulista de Futebol (FPF) decidir interditar o local por falta de renovação do laudo técnico considerado "caro" pela Prefeitura.

O assunto foi repercutido pelo jornalista e apresentador esportivo Milton Neves durante o programa "Domingo Esportivo" na Rádio Bandeirantes de São Paulo transmitido para todo país.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.