| Presidente Prudente/SP

Prudentão abandonado: Bugalho erra números e desmente secretário

Rogério Mative

Em 13/03/2019 às 10:23

Deteriorado, Estádio Prudentão necessita de R$ 1,7 milhão para reformas, segundo Bugalho

(Foto: M2 Comunicação)

Na semana do aniversário do gol do atacante Ronaldo - 8 de março - em seu retorno aos gramados brasileiros, o Estádio Paulo Constantino (Prudentão) foi novamente lembrado e, desta vez, também pela imprensa nacional. Não só por ser palco da queda do alambrado, mas principalmente pelas atuais condições de abandono e penúria.

Atrasado na elaboração da resposta aos possíveis críticos, nessa terça-feira (12), o prefeito Nelson Bugalho (PTB) utilizou as redes sociais para justificar o que ele classifica como "inverdades". Para tal, prendeu-se a um relatório com números distorcidos, além de desmentir o secretário de Esportes, Claudinei Quirino, sobre o valor necessário para a reforma do local.

Prefeito nega abandono e direciona local para futebol amador | Foto: Marcos Sanches/Secom

"Estou aqui no Prudentão para falar a verdade sobre este estádio. Primeiro: ele não está abandonado. Está sendo bem cuidado, o gramado está perfeito e os eventos continuam sendo realizados aqui. Onde precisa de reforma? Em boa parte da arquibancada e em algumas áreas externas do estádio. E dizem que ficaria R$ 1,5 milhão aproximadamente para reformar o Prudentão. Isso também não é verdade [este trecho foi retirado em nova postagem feita na fanpage da Prefeitura]. O valor mínimo para reformar o Prudentão fica algo em torno de R$ 1.750.000,00", disse o prefeito.

Contudo, em recente matéria publicada pelo Globo Esporte.com de Prudente, após o editorial feito pelo Portal com repercussão por Milton Neves na Rádio Bandeirantes de São Paulo, fotos mostram a fachada desfigurada, entradas dos vestiários danificadas, cadeiras cobertas sem assentos e placar eletrônico deteriorado. Por último, o texto ainda cita a fala de Claudinei Quirino afirmando o valor necessário para as obras de recuperação, que foi rechaçada por Bugalho como "inverdade" ao desmentir seu próprio secretário.

Estádio tem entradas dos vestiários danificadas, cadeiras cobertas sem assentos e placar eletrônico deteriorado | Foto: M2 Comunicação

Ao minimizar a obrigação do Poder Público em zelar pelo patrimônio que recebeu investimentos vultosos nos últimos anos, Bugalho questiona: "A pergunta é: de onde tiro R$ 1.750.000,00 para reformar este estádio aqui? Eu vou retirar da Saúde? Da Educação? Da Assistência Social? De que área é importante para o município [fala editada no vídeo], para a população, eu retiro R$ 2 milhões para investir aqui?".

Foto: M2 Comunicação

Números que não batem

Bugalho alegou ter um relatório sobre as atividades realizadas no Estádio Prudentão de 2009 - início da gestão de seu antecessor e ex-padrinho político, Milton Carlos de Mello (Tupã) - a 2018 - em seu mandato.

"Nós temos o relatório das atividades que são realizadas aqui dos últimos 10 anos. E vou dizer para vocês quais foram as utilizações: em 2009, foram seis eventos que ocorreram aqui. Em 2010, 15 eventos. Em 2011, nove eventos esportivos. Em 2012, 10 eventos esportivos. Em 2013, 11 eventos. Em 2014, 12 eventos. Em 2015, 12 eventos esportivos. Em 2016, 24 eventos esportivos. E agora, em 2017, quando iniciei nosso governo nós tivemos aqui no Prudentão 55 eventos. No ano passado, 44 eventos", enumerou.

Porém, os números apresentados não batem com os fornecidos pela Federação Paulista de Futebol (FPF) e Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em levantamento realizado pela reportagem.

Foto: M2 Comunicação

Em 2010, no primeiro ano do Grêmio Barueri em Prudente, foram 39 partidas no Prudentão, sendo 11 pelo Campeonato Paulista, uma pela Sul-americana, oito pela Copa Paulista e 19 pelo Campeonato Brasileiro. Ou seja, 24 a mais do que informado pelo prefeito Bugalho. Em 2011, também há divergência. Diferentemente dos nove jogos informados, foram 13: 10 pelo Paulista e três pela Copa do Brasil. Bugalho acerta apenas os números de 2012.

O relatório mostra inconsistência em 2014 e 2015, quando o Prudentão recebeu 23 e 19 jogos, respectivamente. Sobre os anos de 2017 e 2018, os números volumosos seriam possíveis apenas se o campeonato amador fosse disputado, em sua maior parte, no estádio. Cabe ressaltar que o certame - que contou com 45 partidas na última edição - é sediado em vários campos varzeanos da cidade; pelo profissional, o Grêmio Prudente foi eliminado ainda na primeira fase do Paulista do ano passado.

Promete ajuda após negar ao Grêmio Prudente

Após negar ajuda estrutural ao Grêmio Prudente para disputar o Paulista da Segunda Divisão, Bugalho promete resolver as "questões formais" caso algum clube se habilite a disputar competições futuramente.

"Este estádio está sendo muito utilizado como nunca foi antes, pelo esporte amador que é obrigação do município. Se algum dia Prudente tiver um time profissional, não se preocupem. Nós providenciaremos as questões formais para que sejam realizados aqui também", pontuou Bugalho, ao entrar em contradição com sua própria decisão tomada no início do ano culminando com o licenciamento do Grêmio Prudente.

Sem laudos

Atualmente, o Estádio Prudentão não conta com laudos que são exigidos para competições federadas: amadoras ou profissionais. No caso de competições realizadas pela FPF, são cinco documentos obrigatórios: Laudo de Prevenção e Combate de Incêndio e Pânico, Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), Laudo de Segurança - expedido pela Polícia Militar, Laudo de Vistoria de Engenharia e Acessibilidade e Conforto, além do Laudo de Condições Sanitárias e de Higiene.

Os laudos têm validade de um ano e são renovados apenas por meio de novas vistorias e o pagamento de taxas, que giram em torno de R$ 15 mil.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.