| Presidente Prudente/SP

PUM precisa ser preservado e atender ao esporte, diz ex-secretária

Rogério Mative

Em 19/10/2019 às 12:00

Anexo construído em 2010 foi escolhido para abrigar os boxistas durante as obras de reforma do Camelódromo

(Foto: Marcos Sanches/Secom)

Ex-jogadora nos tempos de glória do basquete prudentino e secretária municipal de Esportes por oito anos, Maria Cristina Madeiral (Tute), criticou a transferência de boxistas do Camelódromo da Praça da Bandeira para o Parque de Uso Múltiplo (PUM), que deve ocorrer em dezembro. Ela cobra um posicionamento de integrantes do alto escalão da Prefeitura sobre a medida chancelada em audiência na Justiça.

"O fomento aos núcleos de iniciação e formação desportiva é árduo e um dos objetivos e fazer com que os polos esportivos e o uso de suas instalações sejam de fácil acesso da população.
O Parque de Uso Múltiplo fica na área central da cidade e próximo dos terminais urbanos, ou seja, os usuários têm fácil acesso", opinou, em publicação feita em seu perfil nas redes sociais.

Para ela, a ocupação de um dos anexos do PUM poderá provocar o "esvaziamento" do processo de formação desportiva. "É sabido que qualquer interrupção nas atividades esportivas e deslocamentos maiores para os alunos/atletas acarretará em esvaziamento no processo. No Parque de Uso Múltiplo devem ser atendidos mais de 800 alunos/atletas onde os pais se sentem seguros em deixar seus filhos irem e virem de ônibus", cravou.

“Os professores/treinadores têm experiência, por isso estão inconformados”, disse, em referência ao depoimento do professor e técnico de basquete da Secretaria Municipal de Esportes (Semepp), José Alves da Silva Júnior (Negativo), que também é contrário ao fechamento provisório do local para práticas esportivas.

Tute defendeu a Prudentina durante os tempos de glória do basquete na cidade | Foto: Arquivo/Secom

Secretária de Esportes por oito anos na gestão do ex-prefeito Milton Carlos de Mello (Tupã, DEM), Tute cobrou um posicionamento do atual comandante da Pasta para frear a mudança do camelódromo para o local.

"Caberia ao secretário Claudinei [Quirino] ter se posicionado junto ao prefeito [Nelson Bugalho, PTB] e ao secretário de Desenvolvimento [Carlos Casagrande] para que esse espaço fosse preservado somente ao esporte", frisou.

Inaugurado em 2010, o anexo conta com duas quadras cobertas, vestiários, sala para professores e almoxarifado numa área de 230 metros quadrados. O equipamento público custou R$ 1,2 milhão.

"Essas quadras foram totalmente modernizadas em 2010 com verba estadual num trabalho árduo do prefeito Tupã, recursos da Seplan [Secretaria de Planejamento] e da Selj [Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude]. Era um local abandonado e com muitos usuários de drogas. Essa não foi uma obra do acaso, não! Decorreu de boa vontade e precisa ser respeitada", finalizou.

Boxistas descontentes

Conforme apuração do Portal, a medida tomada em conjunto entre Prefeitura, Ministério Público Estadual e Justiça desagradou os boxistas, que apontam possíveis prejuízos com a mudança em pleno fim de ano, época de maior receita para os comerciantes. Desta forma, alguns grupos articulam ações judiciais visando anular o acordo firmado em audiência.

PUM é o local

Em nota enviada ao Portal, a Prefeitura reafirma que o PUM é o local escolhido e o acordo judicial permanece inalterado. "É importante lembrar que o município está atendendo apenas a uma determinação judicial, portanto, qualquer mudança em relação a essa transferência não pode ser tomada unicamente pelo município, mas, resultado de uma nova audiência com o consentimento do MP e da Vara da Fazenda Pública".

Não quis se pronunciar

Citado pela ex-secretária, Claudinei Quirino preferiu não se pronunciar até o fechamento desta matéria. O espaço segue aberto.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.