| Presidente Prudente/SP

Médico acusado de abusar de pacientes vai cumprir prisão domiciliar

Da Redação

Em 08/02/2019 às 16:21

Cardiologista é acusado de abusar sexualmente de mulheres quando atuava em seu consultório

(Foto: )

O médico cardiologista Augusto César Barreto Filho, 74 anos, está cumprindo prisão domiciliar. Por decisão da Justiça, ele deixou a penitenciária de Lucélia, na noite dessa quinta-feira (7), depois de ficar 21 dias preso.

Ele é acusado de abusar sexualmente de mulheres quando atuava em seu consultório localizado na Avenida Washington Luís, em Presidente Prudente. Mais de 40 pacientes registraram denúncias de abusos sexuais durante consulta com o cardiologista.

Para conquistar o benefício, a defesa do médico alegou que ele está com o registro no Conselho Regional de Medicina suspenso, é idoso e portador de problemas graves de saúde, além de apresentar quadro depressivo.

Em decisão liminar, o relator Augusto de Siqueira, da 13ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, acatou o pedido de habeas corpus.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.