| Presidente Prudente/SP

Agricultura familiar ganha reforço para escoamento com rodada de negócios

ROGÉRIO MATIVE

Em 11/02/2020 às 19:14

Produtores rurais expuseram seus alimentos durante evento em Prudente

(Foto: ROGÉRIO MATIVE)

Na região do Oeste Paulista, o cenário predominante ainda é de pastos tomando conta de boa parte das áreas rurais. Contudo, a produção de alimentos gerada por pequenos produtores começa a impulsionar a migração do leite para outras atividades. Para viabilizar o escoamento e gerar renda aos agricultores, a Fundação Itesp realizou a primeira 'Rodada de Negócios' em Presidente Prudente.

Parte do Programa Cultivando Negócios, o evento teve como objetivo colocar frente a frente agricultores dos assentamentos rurais da região e empresas cadastradas visando a comercialização dos alimentos e produtos oriundos da agricultura familiar.

"A rodada de negócio é o momento presencial, onde o comprador e negociador podem fechar o negócio. Nós temos uma dificuldade muito grande em nossa região com o escoamento da produção dos pequenos. A intenção do programa é facilitar esse escoamento para que possam acessar o mercado de forma viável economicamente", diz Claudemir Peres, diretor executivo da Fundação Itesp, em entrevista ao Portal.



Segundo ele, a olericultura anda ganhando espaço na região do Pontal do Paranapanema. "A região do Pontal é exemplo em produção. Nós vemos uma diversificação da produção, uma migração do leite para outras atividades, como plantio de alface, beterraba, etc", cita.

Claudemir Peres (à direita) durante entrega de selo para a Bratac Seda 

"Tivemos uma produção na casa dos R$ 151 milhões comercializados dentro dos assentamentos estaduais. O potencial é enorme, pois temos muitos o que crescer. A meta é aumentar em 25% ao ano a produção em todos os setores", adianta.

Rodada de Negócios

Na segunda-feira (10), cerca de 200 pessoas participaram da Rodada de Negócios. Na ocasião, produtores rurais expuseram seus alimentos.

"Essa Rodada de Negócios é muito útil para nós produtores rurais. Inclusive durante o evento encontrei dois compradores interessados em adquirir os meus produtos e ainda fiz vários contatos. Trabalho com a produção de coco e saio daqui hoje extremamente satisfeito", conta o produtor Salvador Antônio de Souza, de Teodoro Sampaio.



"É um evento importante para que a gente consiga mostrar aos agricultores que não conhecem a sericicultura a importância da atividade. O programa vai ajudar para que a gente divulgue o trabalho com o bicho da seda em outras regiões que não atuamos ainda. É uma atividade voltada para os pequenos produtores rurais, não envolve uso de agrotóxicos e totalmente rentável", diz Willian Ayita, da Bratac Seda, única empresa nacional produtora de fios de seda.

Cultivando Negócios

O Programa Cultivando Negócios foi lançado recentemente com o objetivo de potencializar investimentos nas regiões e estimular o comércio. O programa busca aproximar produtores rurais de assentamentos estaduais, comunidades quilombolas e compradores.



A plataforma digital pode ser acessada pelo site: www.cultivandonegocios.sp.gov.br. Ela permite que comprador e produtor possam se cadastrar e disponibilizar suas intenções de compra, no caso de empresários e comerciantes, e para o produtor, a quantidade de produto disponível que ele tem em estoque.

Os negociantes podem trocar contatos e finalizar compromissos, levando mais valor aos produtos, gerando lucratividade e escoamento da produção.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Telefone: 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.