| Presidente Prudente/SP

Bugalho chancela cumprimento de exigências no transporte urbano

Da Redação

Em 04/04/2018 às 14:55

Bugalho afirmou que o serviço de transporte coletivo em Presidente Prudente opera com todos os requisitos exigidos no edital de licitação

(Foto: Marcos Sanches/Secom)

Após o fim da prorrogação de transição, o prefeito Nelson Bugalho (PTB) afirmou que o serviço de transporte coletivo em Presidente Prudente opera com todos os requisitos exigidos no edital de licitação. Nesta quarta-feira (4), foi encerrado o prazo para o cumprimento das obrigações impostas à empresa Prudente Urbano, vencedora do certame. A tarifa de R$ 3,50 segue garantida até o fim do ano, quando haverá estudo de reajuste.

Em entrevista coletiva, Bugalho anunciou que, após 180 dias de prazo, o sistema de transporte coletivo está "plenamente em vigor". Segundo ele, todos os 103 ônibus previstos em edital estão em circulação na cidade, sendo 22 veículos 0 km e mais 81 com idade média de cinco anos – um ano a menos do que o determinado pelo edital.

Ele também garantiu que toda a frota está equipada com os requisitos prometidos à população: internet sem fio (wi-fi), bilhetagem eletrônica, biometria facial e câmeras de segurança. “Cada um dos veículos passou por uma inspeção rigorosa de engenheiros mecânicos, que emitiram relatórios individuais sobre as condições dos ônibus. Esses documentos foram analisados pela equipe técnica da Semav, constatando que todos estão em condições de uso”, afirma Bugalho.

"Todas as inspeções estão em normalidade e corretas. E 100% da frota estão com todos os equipamentos previstos em edital. A Semav fez essa vistoria e constatou todos esses equipamentos instalados", diz.

Bugalho acredita que tem início uma nova era em relação ao transporte urbano na cidade. “Além de conseguirmos reduzir o valor da tarifa de R$ 3,60 para R$ 3,50, a frota está preparada para atender aos usuários com conforto, agilidade e segurança”, declara.

Perguntado sobre possível reajuste na tarifa, o prefeito rechaça a ideia e adianta que estudos sobre o assunto apenas a partir de dezembro. "De jeito nenhum, a passagem não vai subir. Reajuste de tarifa, tem lei prevendo isso. Antes de dezembro não quero nem ouvir falar sobre reajuste de tarifa", pontua.

Conforme o edital, o reajuste da tarifa dos serviços será realizado com a periodicidade de um ano, sempre no mês de dezembro. Poderão ser realizadas revisões extraordinárias das tarifas sempre que houver necessidade de restabelecer o equilíbrio econômico financeiro da exploração do serviço por ato de ofício do Poder Público ou mediante provocação da concessionária, que deverá demonstrar a necessidade por meio de documentos.

Terminais

Sobre os terminais construídos na cidade e que seguem sem uso, Bugalho argumenta que aguarda por reparos nos equipamentos públicos. "Tem dois ou três terminais que não foram entregues pela construtora à Prefeitura. Não vamos receber enquanto a empresa não realizar os reparos", conclui.

Compartilhe
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.