| Presidente Prudente/SP

Com nova obra em atraso, Prefeitura decide retirar bancos do Parque do Povo

Da Redação

Em 10/07/2020 às 18:45

Bancos atrapalhavam a visibilidade de motoristas, segundo Prefeitura

(Foto: Marcos Sanches/Secom)

No mesmo dia em que anunciou mais um atraso em obras, a Prefeitura de Presidente Prudente decidiu retirar alguns bancos que faziam parte do monumento localizado no Parque do Povo, na confluência entre as avenidas 14 de Setembro e Celestino Figueiredo.

O monumento é um marco da homenagem aos 80 anos do município e foi construído em meados na década de 90. O local é ponto de parada de famílias e frequentadores do parque.

Segundo a Prefeitura, a retirada dos bancos foi motivada por um pedido da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), que alega melhorar a segurança viária no local.

A justificativa é que os assentos de concreto atrapalhavam a visibilidade dos motoristas que utilizavam a Avenida Celestino Figueiredo sentido Hospital Regional.

Outro fator analisado é que os bancos colaboravam com a aglomeração de pessoas tornando um local de risco devido a pandemia do novo coronavírus, a Covid-19.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Paulo Vasconcelos, a retirada dos bancos deve inibir as pessoas se aglomerarem no local. "Era muito comum no verão as mães sentarem nos bancos, enquanto as crianças brincavam no local, o que representava uma situação de perigo, que está sendo evitada de forma preventiva". Cabe ressaltar que o inverno começou a poucos dias.

Segundo Vasconcelos, após concluir a demolição dos bancos, o momento deve passar por um reforma com a troca do piso e pintura da estrutura.

Atende Prudente também vai atrasar

A promessa era para agosto e de que tudo seguia conforme o cronograma. Mas, as obras do Atende Prudente, na Vila Marcondes, não serão finalizadas no próximo mês. A conclusão dos serviços foi empurrada para novembro.

O secretário de Obras explica que houve uma reformulação no cronograma juntamente com a empresa responsável.

“O Atende está em fase de concretagem da primeira laje, onde será utilizado aproximadamente 170 m³ [metros cúbicos] de concreto. Em seguida, será dada continuidade à edificação até chegar na laje de cobertura”, ressalta.

Em relação ao Camelódromo da Praça da Bandeira, que também está em atraso, ele diz que atualmente é realizada a fixação das vigas de cobertura.

“Temos cinco vigas transversais já colocadas, assim como as longitudinais que ficam no perimetral da cobertura. Agora, estamos iniciando a execução dos boxes aos comerciantes e estamos atuando de modo célere para entregarmos até outubro”, pontua.



Sobre os boxes que deverão ser refeitos, serão oito blocos, sendo que sete seguem em fase de licitação e um será construído pela Prefeitura. "Cabe ressaltar que o novo certame não acarretará em prejuízo aos cofres públicos, uma vez que há uma sobra de recursos destinados à reforma do camelódromo no Programa Finisa".
 
Ambas as obras são executadas pela Spalla Engenharia, de São Paulo. O Atende Prudente conta com investimento de R$ 3.552.152,34. No Camelódromo, o recurso investido é de R$ 2.956.042,05.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Telefone: 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.