| Presidente Prudente/SP

Prefeitura é cobrada sobre ônibus lotados durante quarentena

Da Redação

Em 11/05/2020 às 11:34

Vereador ressalta que reclamações de usuários são constantes

(Foto: Arquivo/Secom)

O líder do governo na Câmara Municipal, Geraldo da Padaria (PTB), cobrou o prefeito Nelson Bugalho (PSDB) para que tome providências em relação a constantes reclamações de usuários do transporte coletivo, que enfrentam ônibus lotados durante a pandemia provocada pelo coronavírus.

No documento, o parlamentar ressalta que estas reclamações de usuários e funcionários da empresa concessionária do serviço de transporte coletivo “são constantes”.

“Peço às autoridades competentes mais rigor na fiscalização. Funcionários e passageiros correm risco de contaminação quanto ao excesso de passageiros”, alerta Geraldo da Padaria.

No ofício, o vereador ainda citou decreto assinado pelo prefeito que trata sobre os serviços de transporte coletivo, como a redução de 50% da frota de ônibus circulares, nas linhas e horários a serem indicados pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Cooperação em Segurança Pública (Semob).

O decreto aponta que devem ser mantidas as linhas da saúde e dos horários de pico. “Todas as linhas em vários horários, principalmente nos horário de pico, estão com excesso de passageiros”, contrapôs Geraldo da Padaria.

“Não é de hoje que se vê o transporte coletivo superlotado em todos os horários disponíveis pela empresa”, apontou. “Superlotação no transporte público prejudica o combate ao coronavírus. Muitos passageiros e funcionários [motoristas] estão preocupados com as aglomerações”, avisa o parlamentar.

Dessa forma, o segundo secretário da Mesa Diretora cobra “fiscalização rígida” e “organização entre poder público e empresa” para evitar aglomerações nos ônibus.

“O transporte é um direito social dos brasileiros previsto na Constituição, portanto, cabe aos governos, durante o isolamento social, garantir o seu funcionamento tanto para aqueles que atuam no combate à crise de saúde quanto os que trabalham nos serviços essenciais à população”, analisa.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Telefone: 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.