| Presidente Prudente/SP

Prudente registra nova morte por covid; a sétima em 12 dias

ROGÉRIO MATIVE

Em 25/06/2020 às 17:23

No boletim desta quinta-feira, mais 10 casos positivos; 192 pessoas ainda aguardam por exames

(Foto: Edgar Su/Reuters)

Nesta quinta-feira (25), a cidade de Presidente Prudente teve mais uma morte confirmada, pelo segundo dia seguido, de coronavírus. Trata-se de uma senhora de 96 anos, que apresentou sintomas no dia 15 e faleceu no dia 20 deste mês. A família recebeu o resultado confirmando doença apenas agora.

Esta é a sétima morte provocada pelo vírus em um prazo de 12 dias, tempo em que explodiu os casos positivos de covid-19 na capital do Oeste Paulista. Agora, já são 18 óbitos desde o início da pandemia.

A Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM) informa que um óbito suspeito teve resultado negativo. Uma senhora de 82 anos, com sintomas iniciados no dia 13, que faleceu no dia 22.

Até o momento, não há mais óbitos aguardando resultado de exame.

Novos casos positivos

No boletim desta quinta-feira, mais 10 casos positivos. Na lista, seis mulheres de 19, 22, 23, 37, 45 e 96 anos e cinco homens de 30, 38, 38, 50 e 68 anos.

Um homem de 38 anos está hospitalizado e os demais seguem em isolamento domiciliar. Até o momento, são 194 moradores que testaram positivo e seguem em tratamento (domiciliar ou hospitalar).

Nos hospitais, 43 pessoas seguem internadas, sendo 14 na UTI.

Novas notificações

O órgão também contabiliza 54 novas notificações de pacientes com sintomas característicos da doença. Todos foram submetidos a exames nas últimas 24 horas e aguardam resultados. Agora, 192 pessoas esperam por diagnósticos.

O painel de curados segue sem mudanças desde a semana passada, totalizando 240 pessoas.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Telefone: 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.