Segunda-feira 1 de maio de 2018 | Presidente Prudente/SP

Secretário de Esportes é o 14º a pedir demissão; Bugalho tenta reverter

Rogério Mative

Em 10/02/2020 às 22:10

Saída do ex-atleta olímpico é vista como 'muito negativa' por integrantes do governo

(Foto: Altino Correia/Memórias de um Repórter)

Disposto a encarar a corrida pela reeleição, o prefeito Nelson Bugalho (PSDB) assiste, a cada dia, o desmonte do alto escalão intensificado no início deste ano. Nesta terça-feira (11), foi a vez do secretário municipal de Esportes, Claudinei Quirino, entregar seu pedido de exoneração. Caso seja confirmada sua saída, ele será o 14º a deixar o governo. Em viagem, o chefe do Executivo tenta reverter a possível baixa.

Conforme apuração do Portal, Quirino entregou a carta de demissão no início da tarde. Contudo, ela será analisada pelo prefeito apenas nessa quarta-feira (12), quando retorna de São Paulo.

Antes, escalou seu assessor especial, Vanderlei Teodoro, para entrar em contato com Quirino em busca de convencê-lo a desistir. A saída do ex-atleta olímpico é vista como 'muito negativa' neste momento, principalmente por ser um dos poucos nomes indicados pelo próprio prefeito para compor o secretariado.

Por enquanto, Quirino mostra-se irredutível e segue incomunicável. Deixou os telefones desligados e não esteve presente na sede da Secretaria Municipal de Esportes (Semepp) após o almoço, quando deixou a carta de exoneração no terceiro andar da Prefeitura.

Um dos motivos para a saída, apenas há 11 meses do fim do mandato de Bugalho, é um convite da Rede Globo para integrar o time de comentaristas durante as Olímpiadas de Tóquio, no Japão. A função de secretário impede que ele assine contrato com a empresa de comunicação.

Com a exoneração de Quirino, o assessor da Semepp, Mauro Aoki, deve assumir o comando de forma interina.

Alega que não recebeu pedido formal

Em nota enviada ao Portal, a Prefeitura de Prudente não confirma a saída de Quirino alegando que o prefeito não recebeu pedido formal.

"A Prefeitura não confirma essa informação. O prefeito Nelson Bugalho está em São Paulo cumprindo agenda oficial e não recebeu qualquer pedido formal de exoneração por parte do secretário Claudinei Quirino", diz o texto.

14ª exoneração

Claudinei Quirino pode ser o 14º secretário a deixar o governo Bugalho. Os quatro últimos foram Oswaldo Bosquet, Osvaldo Torino, Rogério Galindo e Marcos Tadeu Cavalcante, estes últimos no início deste mês.

José Fábio Nougueira também pediu exoneração no fim do ano passado. Mas, voltou em apenas uma semana como comandante do Turismo após deixar a Secretaria de Cultura em manobra considerada como "passa-moleque". Ele é investigado pela Câmara Municipal.

Em três anos e um mês de governo, Bugalho acumula mudanças nas secretarias de Cultura, Turismo, Mobilidade Urbana, Assuntos Jurídicos, Educação, Comunicação, Planejamento, Desenvolvimento Econômico, Relações Institucionais, Assuntos Especiais, Chefia de Gabinete e Finanças.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Telefone: 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.