| Presidente Prudente/SP

Unesp de Prudente ministra oficinas de capacitação no Nordeste

Da Redação

Em 17/09/2019 às 17:49

Equipe prudentina promoveu oficinas e capacitações no Nordeste

(Foto: Cedida/Unesp)

Durante 16 dias, professores e alunos da Faculdade Ciências e Tecnologia (FCT) da Unesp de Presidente Prudente integraram o Projeto Rondon em missão na cidade de Francinópolis, com 5.348 habitantes, distante 202 quilômetros ao sul da capital piauiense, Teresina.

A iniciativa, fomentada pelo Ministério da Defesa, promoveu oficinas sobre Água Potável, Significado de Saúde, Banheiro Seco, Pedagogia das Cores, Movimento “Eles por Elas”, Saúde e Lazer e Doenças Sexualmente Transmissíveis para os Jovens.

“Nossa atuação foi com o objetivo principal de deixar um legado no município, não de uma forma assistencialista, mas, sim, no sentido de formar multiplicadores que pudessem perpetuar os conhecimentos transmitidos por nós para um maior número de pessoas”, destaca a coordenadora da equipe da Unesp, professora Claudemira Azevedo Ito.

Os multiplicadores são funcionários técnico-administrativos da prefeitura, assim como lideranças comunitárias e produtores rurais. "Que compreenderam a metodologia e, certamente, vão multiplicar os saberes adquiridos”, completa a docente.

“Estar em Francinópolis me fez dar mais valor à vida, a reclamar menos e valorizar mais as pequenas coisas. Pessoas como o senhor Adão e a senhora Nissa nos deram lições reais de vida em relatos de uma jornada cheia de trabalho duro. O que, para nós, parecia algo sofrido, para eles era alegria. Isso tudo me fez repensar. Nós paulistas estamos esquecendo de puxar o freio da vida e contemplar pequenas coisas, como os momentos com a família, além de agradecer por simplesmente viver, comer e trabalhar, não importando as circunstâncias”, ressalta a aluno do curso de Geografia, Emanuela Sanches Moreira.

Também ocorreram capacitações de Confecção de Brinquedos com Garrafa Pet, Cuidados Pessoais e Planejamento Familiar, CriAtiva, de Soberania Alimentar, de Permacultura e Espiral de Ervas e de Construção de Horta em Espiral, além de Clube do Livro, Cine Debate e Roda de Conversa Histórias da Nossa Terra, totalizando 1.415 participantes.

Aplicação

A professora Claudemira Azevedo Ito salienta a aplicação prática dos conhecimentos levados pela Unesp como um dos pontos altos da presença da universidade no projeto, com a construção de horta em espiral de ervas em duas escolas, técnica que permite melhor aproveitamento do solo e da água para regar as plantas porque as espécies mais tolerantes à baixa umidade ficam no topo da horta e as que precisam de mais irrigação na base.

Outra iniciativa foi a edificação, em um espaço público, do banheiro seco, uma alternativa ecológica no tratamento das fezes porque são separadas da urina.

“Não é simplesmente uma teoria ou ouviu falar que existe a possibilidade de fazer um banheiro seco. Qualquer pessoa pode experimentar o banheiro e visitar a horta e ver como é fácil construir um dos dois”, conclui.

O Projeto Rondon é considerado como o maior projeto de extensão universitária do país, com centenas de universidades disputando as vagas oferecidas por meio de editais.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.