| Presidente Prudente/SP

Após denúncia, Prefeitura reforma cozinha de escola do Montalvão

Da Redação

Em 02/08/2019 às 09:00

Unidade do Montalvão recebe melhorias; vereadores questionam data de início e prazo para término

(Foto: Cedida/Maycon Morano/AI Câmara)

Após denúncia da Comissão Especial (CE) da Merenda Escolar instaurada na Câmara Municipal de Presidente Prudente, a Prefeitura iniciou a reforma da cozinha da Escola Municipal “Pioneiro Ettore Marangoni”, no Montalvão.

A reforma ocorre após fiscalização no local realizada no dia 12 de junho pelos vereadores da CE: Adão Batista (presidente, PSB), William Leite (relator, PPS) e Elza Alves Pereira (membro, PTB). Eles estiveram na unidade escolar nessa quinta-feira (1º) para conferir se a promessa do Executivo de realizar a obra havia iniciado.

Conforme os vereadores, as obras no local tiveram início somente no dia 22 de julho, na última segunda-feira, fim do recesso escolar. Além disso, com o retorno das aulas nesta semana, a alimentação está sendo entregue pronta diariamente.

Dessa forma, por conta da reforma ter sido iniciada somente no fim do recesso escolar, os vereadores protocolaram ofícios nas secretarias municipais de Obras e de Educação questionando qual a data oficial do início da obra e o prazo para término da mesma.

Além da visita a esta unidade, eles também estiveram na Escola Municipal “Profª Odette Duarte da Costa”, no Jardim Morada do Sol.

Adequações pedidas

Inspeção realizada pela Vigilância Municipal Sanitária pontuou que a escola possuía “boas condições de higiene, organização e conservação”, mas necessitava de “adequações para que atenda as normas sanitárias vigentes”. A fiscalização ocorreu após pedido da CE.

CE da Merenda

A Comissão Especial apura supostas denúncias de falta de gêneros alimentícios e produtos de higiene nas unidades escolares da rede pública municipal de Presidente Prudente.

Os trabalhos ocorrem após o Conselho Municipal de Educação (Comed) protocolar cópia da ata de uma reunião com data do final de março deste ano. No documento, conselheiros relataram falta de vários gêneros alimentícios, produtos de higiene pessoal, entre outros.

Dessa forma, o Legislativo investiga a situação. A Comissão Especial tem o prazo de até 120 para concluir os trabalhos.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.