| Presidente Prudente/SP

Izaque Silva ameaça deixar tucanato caso seja preterido em disputa eleitoral

Rogério Mative

Em 08/10/2019 às 21:49

Nas eleições de 2016, foi a vez de Izaque Silva ser preterido pelo partido após uma convenção marcada por confusões e sumiço de ata

(Foto: Arquivo/AI)

Concorrer à Prefeitura de Presidente Prudente. Este é o sonho do vereador Izaque Silva, que já avisou o ninho tucano sobre a pretensão em disputar a pré-candidatura pelo partido nas eleições de 2020. Contudo, caso seja preterido pela segunda vez, ameaça deixar o PSDB e buscar nova legenda.

A revelação é feita após o PSDB costurar a filiação do prefeito Nelson Bugalho, atualmente no PTB, nos últimos dias. O diretório municipal chegou a convocar integrantes da legenda para o ato de assinatura, marcado para o último dia 3, porém, recuou após ingerência da executiva estadual alegando que uma nova data seria agendada, o que não ocorreu até o momento.

Todos avisados

Diante do impasse dentro do partido, Izaque Silva adianta que brigará para ser o nome escolhido pelo partido visando as disputas de 2020. "Continuo trabalhando com a proposta de trabalhar por uma pré-candidatura para o cargo de prefeito. É evidente que para ser candidato tem que ter partido. Eu já avisei a diretoria do meu partido que sou pré-candidato. Avisei também ao deputado Mauro Bragato, a executiva estadual, além do governador [João Doria]. Todos estão sabendo", disse, durante entrevista ao radialista Osvaldo Torino, pela Rádio Comercial AM.

"Teve essa movimentação na última semana [possível ida de Bugalho para o PSDB] e quero deixar claro que não tenho nada contra o prefeito. Pelo contrário. Mas é uma situação política", falou.

PSDB, o algoz

Coincidentemente, o PSDB já foi o algoz tanto de Bugalho como de Izaque Silva. Em 2010, o prefeito foi candidato a deputado federal em dobradinha com Mauro Bragato pelo partido tucano.

A expectativa de Bugalho era disputar a Prefeitura nas eleições de 2012, contudo, foi anulado por Bragato em manobra para fechar aliança pela reeleição de Milton Carlos de Mello (Tupã, DEM).

A medida tomada pelo diretório local contrariou as diretrizes da executiva nacional sem sofrer nenhuma punição.

Também barrado

Já nas eleições de 2016, foi a vez de Izaque Silva ser preterido pelo partido após uma convenção marcada por confusões e sumiço de ata culminando com sua desistência para "acatar decisões partidárias".

Desta vez, ele promete que será diferente. 'Se o partido mais uma vez não permitira legenda, não me resta outra alternativa do que sair da legenda. Se o partido negar novamente deixei bem claro que, contra a minha vontade, infelizmente, vou ter que deixar o PSDB", cravou.

Questionado sobre uma possível chapa formada por ele e o atual prefeito, o tucano foi diplomático. "Tudo pode acontecer. Não vou dizer que dessa água não bebo, mas nosso objetivo é buscar a candidatura a prefeito", finalizou.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.