| Presidente Prudente/SP

Vereador pede que Bugalho 'bote dedo na caneta' e demita quem não trabalha

Rogério Mative

Em 12/02/2019 às 16:40

Para o vereador, Bugalho tem que "mandar" e não pedir para que secretários e comissionados executem as tarefas

(Foto: Arquivo/AI/Maycon Morano)

A lista de insatisfeitos com o trabalho realizado pelo prefeito Nelson Bugalho (PTB) segue em alta. Na sessão ordinária dessa segunda-feira (11) não faltou críticas ao governo municipal vindas de opositores, apoiadores e de até ex-líderes do chefe do Executivo na Câmara Municipal. É o caso de Geraldo da Padaria (PSD), que revelou estar "muito preocupado" por não ter dinheiro "para nada" e não enxergar atitudes necessárias para uma guinada na forma de conduzir a Prefeitura.

"Nós, vereadores, estamos muito preocupados com o Executivo. A gente chega lá em cima e não tem dinheiro para isso, para aquilo. Não tem dinheiro para nada. Fui líder do governo no primeiro ano, conheço as intenções do nosso prefeito e a índole dele. Mas, gostaria de ver ação do Executivo. Não estamos vendo atitude. O nosso prefeito não está tomando atitude que tem que tomar", criticou.

Segundo ele, tem funcionários "mandando mais" do que secretários e a decisão de "virar a mesa" cabe apenas ao prefeito. "São decisões que só ele pode tomar. Ele não depende de ninguém. Prefeito, está na hora, vira a mesa. Falei várias vezes isso para ele. A preocupação agora é maior. Tem secretaria aí que funcionário manda mais que secretário. Funcionário manda e desmanda", pontuou.

'Mete a mão na caneta'

"Poxa, toma uma atitude. Está passando a hora, depois não vai conseguir controlar essa máquina que tem na mão e vai perder todo controle. Bota a mão na caneta. Não mete caneta para fechar ESF [unidades de saúde] não, use a caneta para demitir quem não trabalha. Nós temos comissionados que não trabalham, só estão fazendo hora e recebem salário. Você sabe quem é, tem tudo na sua mão. Toma uma atitude, faça alguma coisa", cobrou Geraldo da Padaria.

Para o vereador, Bugalho tem que "mandar" e não pedir para que secretários e comissionados executem as tarefas. "Puxe a rédea e tome conta. A casa é sua. Você tem que coordenar, não tem que pedir e sim mandar. Vamos recuperar Prudente enquanto tem tempo", concluiu.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Rua Catharina Venturim Peretti, 171

Mário Amato - Presidente Prudente-SP

Telefones: 18-3909 3629 | 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.