| Presidente Prudente/SP

CPI da Cultura constata retirada de câmeras do Matarazzo

ROGÉRIO MATIVE

Em 21/02/2020 às 18:06

Comissão verificou que a câmera de segurança mencionada nas oitivas foi retirada

(Foto: Maycon Morano/AI Câmara)

Um dos pontos de discórdia entre o ex-secretário municipal de Cultura, José Fábio de Sousa Nougueira, e professores da Escola Municipal de Artes "Jupyra Cunha Marcondes", o sistema de monitoramento por câmeras foi retirado do Centro Cultural Matarazzo. A constatação foi feita pelos integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) durante visita ao local nesta sexta-feira (21).

O grupo, formado pelos vereadores Enio Perrone (PSD), Anderson Silva (PSB) e Mauro Neves (PSDB), integrantes da CPI, além do presidente do Legislativo, Demerson Dias (PSB), foram recebidos pela coordenadora pedagógica da escola de artes, Rejane Felipe Martinez, que mostrou a estrutura do local.

A Comissão Parlamentar de Inquérito instaurada na Câmara Municipal apura denúncias formuladas pelo Conselho Municipal de Política Cultural (Comucpp), professores e alunos da Jupyra Marcondes contra a Secretaria Municipal de Cultura, além de Nougueira - que atualmente responde pela Secretaria Municipal de Turismo -, além de ex-coordenadores.

Durante a visita, a comissão verificou que a câmera de segurança mencionada por testemunhas nas oitivas foi retirada.

Segundo os professores, Nougueira utilizada o dispositivo para "vigiar" os funcionários da Escola de Artes. A informação dada aos vereadores é que o equipamento está em manutenção.

Em seguida, os parlamentares estiveram no gabinete do secretário municipal de Cultura, Paulo Silvio Sanches para visita informal.



CPI da Cultura

A CPI investiga supostas agressões verbais e assédio moral de dirigentes da escola e de integrantes em cargo de chefia da própria Secretaria Municipal de Cultura. Durante os trabalhos, já foram ouvidas mais de 25 pessoas.

No primeiro relatório, a CPI recomendou ao prefeito Nelson Bugalho (PSDB) o afastamento imediato do então secretário municipal de Cultura, José Fabio Sousa Nougueira, bem como de outros cargos de chefia na Pasta.

Após Bugalho ignorar o pedido, Nougueira pediu exoneração após o desgaste sofrido. Contudo, foi nomeado na Setur uma semana após sua saída da Cultura.

Compartilhe
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Prudentino.

Fique tranquilo, seu email não será exibido no site.
Notícias Relacionadas

Telefone: 18-98122 7428

© Portal Prudentino - Todos os direitos reservados.